segunda-feira, 18 de maio de 2015

CAXIAS DÁ A PARTIDA PARA
A FESTA DE SANTO ANTONIO 
Faltando menos de um mês para a tradicional festa de Santo Antônio (13 de julho), padroeiro de Duque de Caxias, a Prefeitura já começou a preparar os profissionais que irão trabalhar durante o evento. Na quinta-feira (13), os quiosqueiros participaram da palestra, oferecida pela secretaria municipal de Saúde, através da Vigilância Sanitária, no auditório do hospital Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo. Realizado pela segunda vez, o treinamento tem como objetivo orientar os comerciantes sobre os cuidados necessários para a manipulação e venda de alimentos durante a comemoração do dia do padroeiro da cidade.
“Muitos casos de infecção alimentar têm origem na alimentação de rua, por isso o subsecretário de Regulação (da secretaria municipal de Saúde), Leonardo de Deus, solicitou esse treinamento, a fim de garantir a segurança alimentar e o bem-estar da população que vai participar da festa”, explicou a coordenadora de nutrição do hospital Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, Isabela Oliveira.
Morador de Niterói, Arnaldo Mascarenhas, de 58 anos, terá a oportunidade de participar pela primeira vez da festa de Santo Antônio. E a organização tem agradado ao pequeno comerciante. “Tenho amigos que trabalham há muitos anos na festa e esse ano me convenceram a largar meu ramo e pegar um quiosque na festa da comunidade. Achei bem legal essa iniciativa de oferecer treinamento aos profissionais que irão trabalhar. É um aprendizado para nós e segurança para público”, disse destacou o comerciante, que terá um quiosque de massas italianas.
A palestra foi ministrada pelas veterinárias Eliane Nishijima e Taty Cristina; e pelas nutricionistas Glaucia Nunes, Wania Sales e Taiza Cretton. O treinamento ainda contou com a participação do coordenador administrativo da Vigilância Sanitária, Daniel Sevastian.
Nos últimos dois anos a Festa de Santo Antônio ganhou uma nova roupagem. A Prefeitura, em parceria com a Paróquia do Santo Padroeiro da cidade, trouxe um novo conceito para um dos principais eventos do calendário do município, como barracas estilizadas, Circuito Gastronômico e a Feira Literária. Introduzidas nas últimas edições, essas novidades atraíram mais público, sem deixar de lado a tradicional programação religiosa.
A expectativa para esse ano é que o recorde de público registrado na última edição seja quebrado. Segundo a Defesa Civil, cerca de 250 mil pessoas aproveitaram os quatro dias de festa no ano passado.


►EXPOSIÇÃO PARA DEFICIENTES VISUAIS
Os deficientes visuais ganharão a partir desta quinta-feira (21), uma exposição no Museu Ciência e Vida, no antigo Forum da cidade, em frente à Praça Roberto Silveira, mostrando ser possível para essas pessoas receber aulas de Física, óptica, aprendendo os fenômenos da luz. Com o título: “Luz ao Alcance das Mãos”, a exposição foi desenvolvida pelo Grupo de Óptica do Instituto de Física da Universidade de São Paulo, em São Carlos. Para acompanhar a mostra, às 11 horas, será desenvolvida ainda uma sessão de planetário fazendo uma composição. O evento tem a parceria do Governo do Estado, através do Centro de Ciências e Educação Superior a Distância (Cecierj) com o apoio da Prefeitura de Duque de Caxias.
O que alunos que possuem deficiências visuais conseguem de fato entender das aulas de física, sobretudo as aulas de óptica, que explica os fenômenos da luz?   Esta pergunta surgiu no Grupo de Óptica do Instituto de Física de São Carlos (USP) em função de suas atividades de divulgação de ciência e resultou no desenvolvimento da exposição: “Física ao alcance das mãos”.  Maquetes e painéis tátil-visuais apresentam alguns conceitos a respeito da luz através da experimentação manual. Para acompanhar a exposição uma sessão de planetário, que aborda as constelações e suas sazonalidades, além dos diversos planetas do sistema solar, foi desenvolvida com os mesmos princípios. Além disso, o público que não possui deficiência visual também pode usufruir da exposição.
A intenção da exposição, em comemoração ao ano internacional da luz, é proporcionar o ensino de conceitos físicos à diversidade de públicos, quebrando possíveis barreiras no processo de aprendizagem. Inovando na prática educativa, busca-se democratizar o acesso ao conhecimento. Tendo a disposição o recurso de vendas poderá vivenciar uma experiência sensorial, sentindo as peças com o tato, além de assistir a sessão de planetário convencional.  Mais informações no telefone: (21) 2671-7797 ou pelo site: www.museucienciaevida.com.br



Postar um comentário