quinta-feira, 23 de julho de 2015

CAXIAS: INTERDITADO DEPÓSITO
CLANDESTINO DE COMBUSTÍVEIS
Os caminhões foram apreendidos pela PM
Uma ação conjunta da secretaria de Meio Ambiente e policiais do 15ºBPM (Duque de Caxias), interditaram nesta quinta-feira (23), um depósito clandestino de combustíveis, em Campos Elíseos, próximo à Reduc, no segundo distrito. Na Rua Antônio de Carvalho Laje Filho foram encontrados dois caminhões-tanques, sendo um deles da transportadora Morada, e o outro sem identificação, além de vários tanques com gasolina e etanol, bombas de transbordo, solventes e corantes. Ninguém foi preso durante a operação.]
A descoberta do depósito clandestino ocorreu na noite desta quarta-feira (22), quando policiais militares do batalhão de Caxias participavam de uma operação em Campos Elíseos. “Os policiais estranharam a movimentação de caminhões. Quando chegamos ao local, não havia mais ninguém. Imediatamente acionamos a secretaria de Meio Ambiente que enviou uma equipe técnica que interditou a área”, disse o comandante do 15º BPM, tenente-coronel João Jacques Busnello.
No muro do depósito haviam duas placas, uma como sede da MM 2000 Transportadora, outra da Associação Nacional dos Condutores de Veículos de Carga Perigosa (CNCVCP). No entanto, não foi encontrado nenhum documento referente a empresa ou a associação
Material para falsificar combustíveis
Outras duas áreas localizadas na mesma rua também foram interditas. No terreno ao lado do depósito clandestino foram encontrados carros, picapes, uma moto, motores desmontados e coletes. Em um segundo galpão os policiais militares e técnicos do Meio Ambiente, encontraram óleo combustível armazenado irregularmente, pneus e vários equipamentos de construção civil.
Segundo o secretário de Meio Ambiente de Caxias, Luiz Renato Vergara, serão adotadas várias providências. “Vamos identificar os proprietários dos terrenos, para multa-los. Também iremos multar as empresas proprietárias dos caminhões. Todas as áreas foram interditadas. A 60ª DP (Campos Elíseos), está à frente da parte criminal. A nossa maior preocupação era com a grande quantidade de combustível armazenado no terreno onde funcionava o depósito. Já acionamos a Agência Nacional de Petróleo (ANP), que fará o transporte dos caminhões e do combustível para um local seguro, evitando que possa ocorrer um incêndio”, explicou o secretário, que disse ainda que irá definir o valor das multas que serão aplicadas.
Operação começou à noite
Durante a vistoria dos técnicos da secretaria de Meio Ambiente, pela manhã, além dos dois caminhões-tanques com combustível, havia mais outros quatro tanques, um com a marca da Ipiranga e outro da Petrobras, vários tanques com combustível, bombas de transbordo e corantes. Nos fundos do terreno a PM encontroou uma porta com saída para um terreno baldio, que serviria de rota para fuga.
“Vistoriamos o terreno ao lado, ali encontrarmos vários carros e uma moto. Acredito que o local serviria para guardar os caminhões com o combustível adulterado. Em uma outra área, foram encontrados vários carros, inclusive um blindado, tanque de óleo combustível armazenado irregularmente, pneus e vários equipamentos. Este local também está interditado e o proprietário será multado’, garantiu Luiz Renato Vergara, que revelou ainda, ter feito contato com a direção do Instituto Estadual de Ambiente (Inea), para investigar o funcionamento do depósito irregular.
Para colaborar nestas ações de combate aos depósitos irregulares de combustível e agressões ao meio ambiente, a prefeitura de Duque de Caxias abriu concurso para fiscal de meio ambiente. (Fotos: Ralff Santos)
Postar um comentário