quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

PT DESAFIA LULA 
E ATACA CAMPOS 
Apesara da orientação do ex presidente Lula de que o PT deve poupar o governador Eduardo Campos, do PSB, com vistas a uma coligação num possível segundo turno, setores do partido governista resolveram tornar públicas as críticas que vinham sendo feitas em grupos reservados e até em discursos de alguns parlamentares petistas. Em nota não assinada postada no Facebook do partido, petistas taxaram o governador de Pernambuco e neto de Miguel Arares de tolo por insistir numa candidatura próprio e se afastar da base governista, que apoia a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

E a reação não demorou. Em nota, o PSB acusa petistas de "desespero" diante de sua candidatura própria à Presidência da República e chama o partido da presidente Dilma Rousseff de "seita fundamentalista que ataca qualquer um". A nota, assinada pelo vice-presidente da legenda, deputado Beto Albuquerque (RS), o PSB afirma que o Partido dos Trabalhadores com críticas ao governador de Pernambuco revela que "o PT perdeu completamente seu espírito republicano". Pelo Facebook, Eduardo Campos chama a nota de "ataque covarde" e diz que seguirá firme no "debate de alto nível sobre o Brasil"; "O resto a gente ignora. Porque, enquanto os cães ladram, a nossa caravana passa", afirma Campos. 
Postar um comentário