terça-feira, 24 de março de 2015

Delação de Ricardo Pessoa pode ser uma bomba atômica para o governo



ROMBO DO FUNDO POSTALIS CAIRÁ
NO CONTRACHEQUE DOS CARTEIROS 
Com a compra de títulos da Venezuela, que deu calote nos credores, e dos bancos BVA e Cruzeiro do Sul, que acabaram liquidados pelo Banco Central, por recomendação do Governo Lula e Dilma, o Fundo de Pensão Postalis, sustentado por descontos no contracheque dos servidores dos Correio, resolveu transferir para os carteiros, usados como militantes do PT na campanha eleitoral de 2014, a responsabilidade de repor o dinheiro perdido nessas transações nebulosas. Cada funcionário da ECT deverá sofrer desconto de até 30% nos próximos 12 anos. Esta é a previsão dos membros do Conselho de Administração do Postalis, que não assumem os erros cometidos com o uso indevido do dinheiro dos empregados dos correios em transações mais do que suspeitas. O assunto foi debatido no Giro Veja desta terça-feira (24) conforme o víde de Veja.com. registra.
Postar um comentário