terça-feira, 9 de junho de 2015

72% DOS ELEITORES QUEREM
O FIM DO HORÁRIO POLÍTICO
O senador Fernando Collor (PTB-AL) apresentou em Plenário resultados da pesquisa, solicitada por ele ao DataSenado, sobre as propostas que apresentou para a reforma política que está em discussão no Congresso Nacional. As propostas foram reunidas por ele no livro Reconstrução Política Brasileira.
Collor disse que a pesquisa mostra que 80% dos entrevistados acredita que a reforma política trará vantagens ao país; 91%  apoia a redução do número de deputados federais e  88% concordam com a diminuição do número de senadores.
Além disso, 70% são favoráveis ao voto facultativo; 66% querem redução do tempo de campanha; 84% defendem a proibição de ofensas e agressões durante a campanha; 88% concordam com um limite para os gastos de campanha e 72%  apoia o fim do horário político nos anos em que não houver eleição. Em resumo, a pesquisa revela que o conceito dos políticos anda muito baixo na opinião dos eleitores.
Fernando Collor explicou que esses são alguns dos números da pesquisa, acrescentando que as linhas gerais de 18 de suas 33 propostas contaram com apoio da maioria dos entrevistados. A pesquisa ouviu 1.100 pessoas e têm margem de erro de 3% para menos ou para mais.
Na avaliação de Collor, esse levantamento deixou claro que o brasileiro quer menos de tudo:
- De um modo geral, a população quer menos tudo: menos políticos, menos candidatos, menos partidos políticos, menos mandatos, menos tempo de exercício de mandatos, menos eleições, menos campanha, menos gastos, menos propaganda eleitoral, menos financiamento eleitoral e  também menos privilégios para as autoridades. E essa foi, exatamente, a concepção básica da proposta.
Collor informou que a partir desta terça-feira (9) o resultado completo da pesquisa estará disponível no portal de transparência do Senado, no endereço  www.senado.leg.br/transparencia e também em sua página pessoal. (Com Agência Senado)
Postar um comentário