domingo, 7 de junho de 2015

PROCURA-SE O FOTÓGRAFO E
CINEASTA JOSÉ CAVALCANTI
 Fomos convocados pelo coleguinha Heraldo HB para uma missão quase impossível. Ele tonou conhecimento de que o diretor, ator e roteirista Francisco Santos, mais conhecido como Chico Santos, já falecido, tinha um irmão, o José Cavalcanti, conhecido entre os colegas de cinema pelo gaiato apelido de Zé Tiroteio.
Chico Santos ao lado do ator e diretor
 Ney Santana, filho do diretor Nelson
 Pereira dos Santos
Francisco Santos era um nordestino que veio dar com os costados no Rio de Janeiro, onde acabou trabalhando como motorista do temido deputado Tenório Cavalcanti. Apaixonado por fotografia, ele conseguiu, quando servia na Aeronáutica, juntar uns trocados e comprar a sua primeira câmera e não parou mais de filmar. Para ganhar dinheiro como cinegrafista, ele montou uma produtora, a Índio Filmes, em Duque de Caxias, a primeira empresa do ramo de reportagens cinematográficas da Baixada Fluminense. Entre as reportagens que produziu e eram exibidas nos intervalos das sessões nos cinemas do Grande Rio, a que ele considerou a mais importante foi a inauguração da Rodoviária Novo Rio, construída pelo govenador da Guanabara Carlos Lacerda, que um incêndio em sua produtora destruiu.
Chico Santos trabalhou como ator e roteirista tanto na TV como no cinema. Ele fez parte do elenco de “Dona Flor e seus Dois Maridos”, onde interpretava um padre. Roteirista, é de sua autoria o roteiro do filme “O Amuleto de Ogum”, de 1974, dirigido por seu amigo e incentivador Nelson Pereira dos Santos, quando levou para as telas a lenda em torno do “corpo fechado” do alagoano Tenório Cavalcanti, que escapou de inúmeros atentados e acabou morrendo de morte natural.
Chico Santos morreu de infarto sem conseguir levar para a telona o roteiro que escrevera em torno de um incidente policial na Rodovia Presidente Dutra, em que o destaque seria um automóvel Cadillac, na cor amarela e que daria nome ao filme.
Com relação ao fotógrafo e cineasta que o Haroldo HB está procurando, as informações que ele conseguiu dão conta de que o irmão do saudoso Chico Santos se chama José Cavalcanti, mais conhecido como “Zé Tiroteio”, que ajudou nas filmagens de “O Amuleto de Ogum”
O internauta que tiver melhores e maiores informações sobre o “Zé Tiroteio” pode enviar email para albertojornal@yahoo.com.brque repassaremos imediatamente para o Haroldo HB.
Postar um comentário