domingo, 5 de julho de 2015

APESAR DE ADVERTIDO PELO TCU
GOVERNO CONTINUA PEDALANDO

A área técnica do Tribunal de Contas da União ingressou com medida cautelar para obrigar o governo Dilma a interromper imediatamente as “pedaladas fiscais”, que continuam acontecendo apesar do processo iniciado em 2014 no próprio TCU contra esse crime previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo avaliação do TCU, os “vales” descontados no caixa do BB, Caixa e BNDES, chegariam a R$ 40 bilhões, isto é, os bancos oficiais pagaram obrigações do governo, mas levaram meses para serem ressarcidos.
Para apresentar um balanço seguro e enxuto, escondendo o déficit do Governo, o Tesouro segurou repasses
e os benefícios sociais, como Bolsa Família e Auxílio Desemprego,  foram pagos pelos bancos oficiais, o que caracterizando empréstimo ilegal ao governo.
Alguns Ministros do TCU acham um deboche do governo seguir com a prática delituosa de pedaladas em 2015 apesar do processo aberto no tribunal.
Além do risco do TCU desaprovar as contas do Governo em 2014, o procurador Rodrigo Janot também recebeu representação da oposição há 40 dias, contra Dilma, por crime financeiro, assunto ainda em estudos na PGR.
Postar um comentário