segunda-feira, 13 de abril de 2015

Recado à oposição: Se deixar o PT respirar, ele não sai mais do poder



GOVERNO E OPOSIÇÃO NÃO
OUVEM O RONCO DAS RUAS

O historiador Marco Antônio Villa e os jornalistas Carlos Graieb, Augusto Nunes, Ricardo Setti e Joice Hasselmann comentaram na TV Veja os protestos pelo Brasil. Em debate, o papel da oposição diante dos anseios externados nas ruas e o balanço desta nova manifestação logo depois que o governo Dilma completa 100 dias do novo mandato. Enquanto o Governo comemora as últimas pesquisas do Datafolha, em que Dilma mantem o índice de 13% de aprovação, pior do que Fernando Collor no final de seu governo a oposição, em especial o senador Aécio Teves, que perdeu as eleições presidenciais em segundo turno por cerca de 3 milhões de votos, foge do debate, limitando-se a divulgar uma lacônica nota em que se solidariza com os protestos, repedindo a tática suicida de 2005 em que apostou que o escândalo do Mensalão, sozinho, seria capaz de derrotar a candidata de Lula. Agora, segundo o jornalista e historiador Marco Antônio Villa, Aécio e outros líderes da Oposição, ao invés de ouvir o clamor das ruas contra a Corrupção e o patrimonialismo em prática pelo PT, fechou-se em copas e prefere lavar as mãos, numa farsa do papel de Poncio Pilatos no histórico julgamento de Jesus.
Postar um comentário